Dicas de leitura

Plantando as árvores do Quênia
Esta é a história da primeira mulher africana a receber o Prêmio Nobel da Paz. A ambientalista queniana Wangari Maathai, fundadora do movimento Cinturão Verde, ganhou o Nobel em 2004 por sua contribuição ao desenvolvimento sustentável, à democracia e à paz. Ela começou com poucas mudas e conseguiu mobilizar toda a população a plantar mais de 30 milhões de árvores no Quênia. Para Maathai, todos podem contribuir para a preservação do planeta: somos parte do problema e podemos nos tornar parte da solução.

A autora e ilustradora americana Claire A. Nivola conta os principais momentos dessa história: a forte ligação com a natureza, o choque de Wangari ao retornar a seu país - após passar cinco anos estudando nos Estados Unidos - e o desejo e a luta para mudar a vida precária de sua comunidade. As belas ilustrações, feitas em aquarela, mesclam as tonalidades de verde dos campos do Quênia e o colorido das roupas de seus habitantes. A prosa poética e as imagens descritivas deste livro, premiado nos Estados Unidos, apresentam a realidade do Quênia e uma história de vida inspiradora. 

"Lembrem-se do que milhões de mãos podem fazer"

Ficha Técnica:
Editora: SM
Autor: Claire A. Nivola
Número de Páginas: 32